Gilberto Freyre, Sônia Braga e Vera Fischer

A segunda edição de Modos de homem & modas de mulher, de Gilberto Freyre, foi publicada recentemente não apenas com a utilidade de reviver uma obra esgotada e quase esquecida desse intelectual brasileiro. Serve também para alertar quanto aos riscos de ainda se ler Freyre como uma justificativa da eugenia e da invasão ou dominação cultural, sem falar também das questões de sexualidade, outra problemática inerente à obra. Mas, antes, cabe notar o uso dinâmico, por vezes irrestrito, que ele faz do termo “moda” no livro.

Continuar lendo “Gilberto Freyre, Sônia Braga e Vera Fischer”

Anúncios